terça-feira, abril 15, 2008

Saudade

É uma sensação que mói.
Mói, por dentro, quase de forma imperceptível.
Aperta-nos o peito.
Provoca-nos tristeza.
Tira-nos, por vezes, o alento.
E outras quase que parece que nos mata.
Mas não. Não mata. Só desgasta.

2 comentários:

sahaisis disse...

tás muito sensiva...repete comigo: ser cabra é que é sensato. Beijos

Horácio Pão-de-Milho disse...

Não mata, mas dói...e dói tanto.