quinta-feira, novembro 29, 2007

Carta de Amor


Querida Madalena:


Hoje fazem 3 anos que nasceste.

Que me tornaste uma pessoa feliz.

Que me mostraste que é possível amar incondicionalmente.

Que o simples facto de me abraçares torna tudo subjectivo.


Todos os dias penso no teu futuro. Penso no que gostaria que fosses. E tenho medo de não conseguir proporcionar-te isso. Tenho medo, inclusivamente, que cresças e que te confrontes com coisas, contra as quais eu não vou poder proteger-te.

Lembro-me que, ao fim de uma semana de nasceres, tive uma crise existencial. Porque não queria que crescesses. Queria-te ali pequenina. No meu colo e para sempre. No colo que vai estar sempre disponível para ti e por ti.

O que eu mais desejo é que sejas feliz. Acima de tudo. E acho que, até agora, alcancei o meu objectivo. Porque todos os dias, quando acordas, e enrolas os teus bracinhos à volta do meu pescoço e dizes "bom dia, mamã!" eu te sinto feliz.

Tenho uma data de coisas para te agradecer no entanto, a mais importante é o facto de teres feito de mim um Ser Humano melhor. E mais forte também. Porque quando existem seres como tu nas nossas vidas, tudo se torna subjectivo e mais fácil de resolver. Até as perdas que achavamos insuperáveis.


Por isso, meu amor, acima de tudo , quero que tenhas sempre presente, ao longo da tua vida, que eu vou amar-te incondicionalmente. No matter what...



Com amor,

Mãe

4 comentários:

carlota disse...

Parabéns à Mãe. Pá Nanena também. :)

sahaisis disse...

Parabéns Mãe da Madalena, parabéns madalena (e ó para mim a disfarçar a lágrima estúspida a ler isto =))

Filipe disse...

Parabéns às duas! Que sejam mt felizes! :D

Anónimo disse...

Não há palavras...só mesmo o coração é que sabe.
Maravilhoso.